O objetivo deste arquivo é ajudar na configuração de devolução de compra, com foco na conciliação de estoque de inventário e contábil-gerencial. Aqui estão sugestões de configurações, que deverão ser validadas pelo setor contábil da empresa. A principal delas, é a atualização do custo médio, mesmo sendo uma operação de saída.

Para que o valor de inventário de estoque seja conciliado com a conta contábil/gerencial de estoque, é preciso ter atenção em diversas parametrizações do sistema, e dentre elas uma das mais importantes; as configurações das CFOP's de Devolução de Compra.


As configurações mais indicadas são:


Usando esta variável, o sistema fará o lançamento debitando o fornecedor, e creditando o estoque APENAS se a devolução estiver abatendo um título a pagar da nota fiscal vinculada, nem que seja parcialmente. E o título a pagar referente a compra, é quitado em uma conta transitória, que deve ser apontada no preferências abaixo:


 Porém, ao gerar um crédito na conta financeira do fornecedor, quando o título origem da compra já está quitado, existem outras duas configurações:

1 - A conta financeira do fornecedor deve estar devidamente preenchida:

2 - O preferências abaixo deve estar apontando a conta de estoque:

Exemplo da atualização do custo médio na devolução de compra:

Aqui neste exemplo utilizamos apenas 01 produto, com uma conta contábil específica, para separar outros lançamentos e saldos de outros produtos (não usual):

Primeira compra dia 01-05-19 de 20 unidades a 80,00 cada

Conta contábil de estoque:

Inventário:

Segunda compra dia 03-05-19 de 50 unidades a 78,00 cada

Conta contábil de estoque após a segunda compra:

Inventário:

Devolução de 15 galões da segunda compra:

Valor total de R$1170,00

CFOP sem atualizar o custo médio:

Usando variável TOTDEVABATIMENTO na contabilização D-FORNECEDOR C-ESTOQUE

Conta contábil de estoque:

Inventário:

Análise do custo médio:

Anulando esta devolução anterior, lançando nova agora atualizando o custo médio:

Conta contábil:

Inventário:

Resumo: as devoluções de compra devem atualizar o custo médio, para que o saldo de inventário se equipare com valor real de estoque contabilizado.