Sistema de Inteligência e Gestão Estadual de Agrotóxicos - SIGEA em Goiás - IN 013/2018


Atenção! Emissores de receitas agronômicas do Estado de Goiás e empresas que não são do Estado, mas emitem receitas para clientes de Goiás fiquem atentos à nova obrigatoriedade da Agrodefesa.


No dia 10 de janeiro de 2019 foi publicado no Diário Oficial a Instrução Normativa n° 013/2018, que ''Dispõe sobre a normatização do Sistema de Inteligência e Gestão Estadual de Agrotóxicos - SIGEA e das normas para o comércio eletrônico de agrotóxicos e afins''.

Nessa IN, fica instituído para comerciantes de agrotóxicos a emissão da receita agronômica para envio via Web Service, os dados das receitas agronômicas e dados de vendas.  

O envio é obrigatório a partir de 180 dias da publicação da IN, ou seja, dia 10 de Julho de 2019.


O objetivo do Sigea é coordenar a fiscalização do uso, comercialização, armazenamento e do transporte interno de agrotóxicos, visando a produção e o consumo de alimentos seguros, a racionalização da produção agropecuária e o desenvolvimento rural sustentável em Goiás.


Os emissores de receita devem:

  1. Entrar no site: https://sidago.agrodefesa.go.gov.br/application/index/login e realizar seu cadastro em “Primeiro Acesso RT”;
  2. Emitir suas receitas no sistema habitual e verificar se este sistema está cadastrado na Agrodefesa e se adequou ao webservice; 
  3. Futuramente, terá acesso (no SIDAGO) as receitas para Goiás emitidas por ele.


A AGROTIS já realizou seu cadastro pelo SIDAGO e o Receituário Agronômico está em pleno funcionamento para atender a Instrução Normativa!


Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso Suporte.